6 de setembro de 2012

"TEMPOS MODERNOS" - ( PJe )


"Quando o  cineasta Britânico Charles Chaplin lançou em 1936, o filme Tempos Modernos, talvez não pudesse imaginar o que ainda estaria por vir. Estamos novamente vivendo em tempos de grandes modificações tecnológicas, políticas, filosóficas, sociais, climáticas, e o Direito também tem acompanhado esses tempos modernos.
Platão pregava que a filosofia começa pela admiração que se sente diante do fato de as coisas existirem e serem tais como são. A Admiração traz consigo a curiosidade, o afã de saber, que, por sua vez, traz a insatisfação, a evolução, as mudanças. Heráclito, filósofo présocrático, dizia que "ninguém se banha duas vezes no mesmo rio", justamente porque o rio nunca é o mesmo, a correnteza lhe traz  modificações inovações.
Assim é o ser humano, que, na busca do melhor para si, suplanta a hierarquia de suas necessidades, as dificuldades, para construir padrões melhores, nestes tempos modernos. O processo judicial nunca será o mesmo após a criação do processo judicial eletrônico (PJe), que nada mais significa do que a suplantação da hierarquia das dificuldades para se construírem novos padrões.

...Portanto, seja lembrando o filósofo Heráclito, seja parafraseando duplamente Lulu Santos, (cantor de música popular brasileira), "nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia" e indubitavelmente ...

"EU VEJO UM NOVO COMEÇO DE ERA".

Texto:
CORREIO POPULAR-REVISTA PANORAMA
Agosto-2012  N.17- Artigo Tempos Modernos
Desembargador Renato Buratto
Presidente do Tribunal Reg.Trabalho 
15a. Região